Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Exaltação às escolas de samba
(nereu04)

Já se falou nas favelas
Nas delegacias e dos morros também
Agora falo das escolas de samba (bis)
Não quero esquecer de ninguém
L
Estácio de sá é o berço
Começo da estória não tem quem negar
Raízes da deixa falar
Dai por diante se fez caminhar
Portela , império serrano,unidos de lucas
E vila isabel, imperatriz e salgueiro, mocidade e unidos de padre miguel,
Tupy, beija flor e manguinhos
Em cima da hora e jacarezínho

Já se falou nas favelas
Nas delegacias e dos morros também
Agora falo das escolas de samba (bis)
Não quero esquecer de ninguém
Ll
Grande rio de caxias
Mocidade unida cidade de deus
Caprichosos, renascer
E a ponte de são mateus
São clemente viradouro rocinha e cabuçú
Santa cruz da zona oeste
E a unidos de bangu

Já se falou nas favelas
Nas delegacias e dos morros também
Agora falo das escolas de samba (bis)
Não quero esquecer de ninguém
Lll
Tijuca tem duas escolas
Império e unidos também
Em cascadura o arrastão
Nova iguaçú o leão
Alegria de copacabana
Campinho e a tradição
A vizinha faladeira
E a querida mangueira do meu coração

Já se falou nas favelas
Nas delegacias e dos morros também
Agora falo das escolas de samba (bis)
Não quero esquecer de ninguém
Lv
Não queria esquecer
De nenhuma escola mas eu esqueci
Vou buscar na memória
E depois de algum tempo
Eu volto aqui

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):