Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

ATENÇÃO! Prezado(a) usuário(a), tenho o prazer de anunciar o lançamento, no formato eBook, da 1ª edição (2004) do meu livro Dicionário de Rimas da Língua Portuguesa - Brasil. O mesmo encontra-se a venda (R$9,99) no site da Amazon

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


A maior dor
(Poetaminas)

Ser ignorado dói mais do que morrer;
é ser esquecido, é ter que também esquecer;
é fechar o coração, calar-se sem querer,
é algo de amor que não mais se importava,
é ficar de lado por quem te dizia que amava;

Dói muito mais, ao se sentir esquecido,
Não ter onde esconder um coração dolorido,
Não ter quem te dê o ombro pra chorar,
Nem um colo que te possa consolar,
Nas aflições, na tua tristeza, sobrar.

Todos têm um dia, uma dor de amor ou recaída;
Cada um tem um papel no teatro desta vida;
Se não dás importância para a tristeza que abrigo,
Um dia encontrarás quem não se importe contigo;

Quem ignora, também será ignorado,
Quem esquece, também será esquecido!
E a maior dor da vida não será ter morrido,
Será ter sido esquecido, será ter sozinho vivido!

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):