Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Ópio do povo
(Poeta Maldito)

Não reconheço mais esse país
Que um dia já tive tanto orgulho
Que hoje determina seu mergulho
Para intenso governo de imbecis
Escondido em políticas sutis
Ignora a saúde e a educação
Segurança para a população
Mas se abrem para a copa do mundo
Nesse poço o brasil chegou ao fundo
De tão fundo já chegou ao seu porão

Ignora a sua própria cultura
Mas se rende sem pena ao estrangeiro
Que devasta sem do o mundo inteiro
Herdeiros dessa eterna ditadura
Forçados a viver nessa clausura
De ignorância, e sem opinião
Prisioneiros da alienação
Já que a mídia é manipulada
Carnaval, uma festa de fachada
Só um ópio para população

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):