Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


2017,séc xxi
(MedeirosMc)

2017,amigos separando-se lado a lado.invés da união,preferem escolher entre lula ou bolsonaro.discussão que não traz solução pra gente.nem esquerda e nem direita,eu quero um brasil para frente.
O brasileiro é um povo súbito,achando que protesto é queimar transporte público.
O brasileiro diz que nosso governo padece,mas esquece,que esse é o governo que ele merece.políticos roubam o dinheiro público sem ninguém ver,mas quem fez eles estarem lá não foi apenas um ser.talvez eles realmente representam a nação.pois o brasileiros são proxímos tão próximos da corrupção.
Inúmeros projetos socias como "criança esperança".se a esperança são as crianças,então veja a pedofilia estuprando nossa esperança.
Dizem que o mundo não está perdido,mas as vezes duvído.maldade enorme no mundo enquanto um pai se humilha e eu pensando futuramente como vou criar minha filha.
Termino o poema com o verso de meu amigo azero:"quero ver botar a cara no congresso e não se corromper.aí sim de pé eu aplaudo você".

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):