Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Divagações surreais viii
(Maygh)

Ja se falou tanto em e de carnaval, musicas, poemas, prosas... mas ninguém teria a coragem do joão de barro, não o passarinho, falo do andarilho de longas jornadas, amigo do encurvado destino. conheci-o numa terça feira, nos labirintos de olinda, bêbado, cheio de pelancas no corpo e notas de cem dólares nos bolsos, pediu-me um mexilhão, como se mexilhões andassem por aí dando sopa, neguei diplomaticamente e para minha surpresa ele puxou do bolso esquerdo um escaravelho mumificado e gritando que o inexistente holocausto judeu iria materializar-se naquele instante, engoliu-o.
Não hesitei, parti em desabalada carreira até o bar bornéu e ainda ofegante, enterrei a cara na cachaça, com limão galego e caju.

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):