Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Quando as horas eram eternas.
(Marsoalex)

Mais uma vez estou aqui
Na encruzilhada da vida
Sem saber aonde ir.
O presente passa veloz
Nos ponteiros do relógio
E eu não consigo viver
Sua efemeridade.
Era fácil viver
Quando as horas eram eternas
Quando o amor me agasalhava
Em seus braços
E eu me sentia tão protegida
Que não via o tempo passar.
Infinitos momentos eu vivi.
Tão infinitos que quando
O amor me deixou, a minha vida
Foi se esvaziando de presente
E se acumulando no passado.
E esse hoje que eu não sei viver,
Por ser vazio, não se junta ao presente
Criando uma lacuna
Entre o ontem e o amanhã
Onde o tempo passa indiferente...

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):