Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Alma gelada
(Loco Pepe)

Sei o que sei, e sinto o que sinto,
Minha alma é gelada, de pedra,
Com a força e a beleza do absinto
Alma e pensamentos frios,
Calculados até as minúcias.
A prática pertence aos escravos
Que entregam a vida por um pedacinho.
Pouco importa se dizem verdades
Ou falam mentiras,
Porque só me importa alegrar o meu amor
Apreciar deliciando-me
E chegar bem perto, olhar bem dentro
E querer ser igual.
E quem se opõe, ela o assassina,
Mostrando o quanto de horror ela é capaz
Com um único gesto de desdém
À convenção social.

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):