Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Divagações surreais iv
(José Wilton)

De que adianta rebuscar o passado se a cada dia o porco remói a dor da infidelidade suína! de que vale pregar no deserto as sábias palavras do viajante estelar se o dízimo nunca foi pago! osvaldo aranha jamais intermediou o conflito de canudos nem atirou ao pântano os alfarrábios de sua juventude stalinista, foram as dissensões contabilizadas na contemplação da aurora boreal que sedimentou a rebelião oculta nas brumas de avalon. não sei até que ponto a noite responde aos apelos da lua, por isso mesmo prefiro enterrar a cara na cachaça com limão galego e caju.

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):