Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

ATENÇÃO! Prezado(a) usuário(a), tenho o prazer de anunciar o lançamento, no formato eBook, da 1ª edição (2004) do meu livro Dicionário de Rimas da Língua Portuguesa - Brasil. O mesmo encontra-se a venda (R$9,99) no site da Amazon

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


A majestosa catedral
(FRATER ORNATOR)

De longe, ao romper da aurora,
Entre brumas, surge uma catedral;
Muitas imagens relembram o passado,
Um sonho de criança, meio celestial...

A majestosa catedral parece um sonho,
Toda branca de sol, no centro da cidade.
O sino repicando em lúgubre responso,
O clamor de um povo que sente saudade.

O astro glorioso segue a eterna estrada,
A áurea seta cintilando em plena luz...
A catedral me faz refletir ali sozinho,
Embora cansado, me descanso em jesus.

Quando passo, entre lírios e outras flores,
Põe-se a lua a meditar fitando a catedral.
à tarde, na alma, uma amargurada prece,
O céu tristonho, mas com visão angelical.

Os sinos dobram, enquanto vou meditar,
Sacerdotes caminhando, o céu é todo meu.
A catedral de meu sonho, vou saindo...
Vendo em seu topo um astro que morreu.

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):