Login

E-mail:

Senha:


Cadastre-se.

Lembrar senha.

Buscas no Site

» Rimas

Selecione o tipo: Palavra Terminação

Digite o termo:


» Poesias

Selecione a seção: Coletânea Galeria

Digite a palavra:


GALERIA

Neste espaço você pode publicar gratuitamente as suas obras (poemas, poesias, sonetos, versos, etc). Para isso, basta clicar no link abaixo. Antes, porém, leia as condições para publicação do site.

» Publicar Obra «

As obras serão listadas por: Ordem de Cadastro, Título e Autor.


Resumo da novela marujo
(Dubang)

Fiquei ligado na telinha da tv
Acompanhando uma novela sem vergonha
A safadeza rolou solta o tempo inteiro
Muita frescura com homem mordendo fronha
♫ ♫ ♫
Vi um império de ladrões e messalinas
Brigando pela "torre de babel"
Um diamante igualzinho a turmalina
E a saga de "caín" contra "abel"
♫ ♫ ♫
Irmão passando o rodo na cunhada
Uma tia encalhada que morreu no caritó
Duas mulheres dividindo um homem só
E um comendador que só tinha um paletó
♫ ♫ ♫
Chamaram de "xana" mas eu não sei qual é
O nome do traveco que queria ser mulher
Não faltou chifre pra cabeça de ninguém
Todo mundo se pegava igual a briga no trem
♫ ♫ ♫
E como sempre o mordomo foi culpado
Um blogueiro afeminado fofocou e registrou
A bateria e o samba da escola com a rainha gostosa
Foi somente o que salvou
♫ ♫ ♫
Lembrando o tempo do antigo faroeste
Antes que alguém conteste fez-se o grande final
Com o filho matando o pai
Um exemplo negativo dessa produção global.
♫ ♫ ♫ ♫ ♫ ♫

Enviar para alguém.

Indique este Site

Você gostou do site e quer indicá-lo para um(a) amigo(a)?

Então, clique aqui.


Meus Livros

Livros publicados (clique na capa para maiores detalhes):